quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Tudo sobre a Ressaca



1. Conhecendo a ressaca:

O QUE ACONTECE COM O CORPO?
Conhece a história do 'bateu, levou'? Ressaca é isso, uma resposta do organismo a uma agressão que sofreu. Funciona assim: o corpo gasta glicose para metabolizar o álcool, Glicose é açúcar, açúcar é energia.
Resultado: A gente fica fraco e sonolento. O excesso de álcool também inflama o aparelho digestivo, faz a cabeça doer, provoca náuseas, vômitos e aumenta a sensibilidade à luz.

POR QUE A DOR DE CABEÇA É INSUPORTÁVEL?
O álcool desidrata o corpo, do dedão do pé ao cérebro.
Da seguinte maneira: o etanol inibe a produção do hormônio antidiurético, e sem ele a gente urina muito mais.
Portanto, a cabeça dói porque os neurônios sentem sede, literalmente.

RESSACA MATA?
Não, ressaca não mata. Todos os sintomas desaparecem em 24 horas, mas se você ficar de ressaca todo dia, também pode acabar com gastrite, pancreatite, cirrose...

POR QUE A RESSACA SÓ APARECE NO DIA SEGUINTE?
Porque é durante o sono que o corpo do bebum trabalha para absorver todo aquele álcool que ele botou para dentro, De manhã, com o serviço feito, é hora de disparar os sintomas desagradáveis.

ALGUMAS PESSOAS TEM MAIS RESSACA QUE OUTRAS?
A idade é um fator que diminui a capacidade de digerir o álcool e algumas pessoas produzem pouca quantidade de aldeído desidrogenase, a enzima que metaboliza o álcool. As mulheres ficam 'altas' mais rápido por causa disso, elas não produzem a tal enzima.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE RESSACA E COMA ALCOÓLICO?
A quantidade de etanol que a pessoa bebeu. Até determinado ponto, ele vai sentir dor de cabeça, vomitar, se arrepender e depois fica tudo bem.
Além desse ponto, a taxa de açúcar no sangue cai drasticamente; o coração pode parar de bater devido à inibição que o álcool produz nos centros nervosos do cérebro responsáveis pelos batimentos; a pessoa perde a consciência.

2. Dicas para diminuir a ressaca:

Coma algo: A maioria do álcool que você ingere é processada pelo intestino delgado, mas passa primeiro pelo estômago. Se há comida no seu estômago, demora muito mais para o álcool chegar no seu intestino delgado, demorando mais para você ficar bêbado. Isso também previne hipoglicemia.
Dê preferência a alimentos ricos em sal e gordura: Castanha, amendoim, queijo e salaminho. Azeite também é gordura, portanto ajuda. Então pegue a sua colher de azeite, despeje-a num prato, adicione sal e mergulhe pedaços de pão na mistura.
O sal e a gordura estimulam a secreção de substâncias estomacais que protegem o estômago do álcool.

Beba água: Se você começar a noite desidratado, a situação só piora. O truque é simples e eficiente: intercale um copo d'água entre dois de bebida alcoólica. A água é o verdadeiro santo remédio antiressaca. Ela reidrata, dilui o álcool e facilita o trabalho dos rins e do fígado.
Trocar a água por suco ou refrigerante também pode. Essas bebidas são ricas em carboidratos, que viram energia e ajudam a metabolizar o álcool.

Evite beber rapidamente: Acetaldeído é outra substância causadora da ressaca. Seus efeitos incluem suor, náusea e vômito. Seu corpo quebra álcool etílico em dois passos: primeiro em acetaldeído e depois acetato, que seu corpo expele. Esse segundo passo demora um pouco mais e quanto mais rápido você bebe em grandes proporções, mais desse acetaldeído nojento fica no seu sistema.

Não misture: As bebidas com teor alcoólico mais alto - destilados (uísque, vodca, cachaça) - são as que provocam maior estrago. Elas são absorvidas mais rapidamente pelo corpo. Também evite drinques providos de guarda-chuvinhas, que são repletos de congêneres. Os congêneres são toxinas criadas durante o processo de fermentação do álcool. Essas substâncias dão cor, sabor e cheiro ao álcool. O que acontece é que quem mistura bebe mais.

Não Fume: álcool e fumo formam uma dobradinha perigosa, quanto mais nicotina, menos oxigênio no sangue e mais rápido se dá o processo de intoxicação.

3. Depois de Beber:

Beba mais água ou um copo de suco de laranja. A vitamina C faz seu fígado processar o álcool mais rápido.

Coma algo leve para prevenir baixa taxa de açúcar no sangue depois.

Não tome Tylenol ou comprimidos do gênero: Eles estragam seu fígado quando combinados com álcool. Não tome também relaxantes musculares ou remédios para dor. Pode fazer seu estômago sangrar.

Vomitar Ajuda? É relativo. Na verdade, quando o bebum vomita, há pouco álcool no estômago para pôr para fora. A maior parte já foi absorvida. O que tem é muita secreção gástrica, que é bastante ácida e dá o maior enjôo.
Então, alguns se sentem melhor depois de despejar esses ácidos enfiando a cabeça no vaso sanitário, outros, nem tanto.

Repouso: Mantenha a luz apagada, cortinas fechadas e fique deitado. A ressaca aumenta a sensibilidade à luz.

4. O dia seguinte

Se for possível fique mais tempo na cama ou volte para ela. Você precisa de mais sono quando acorda para se curar melhor da ressaca. Se ao acordar você não se sentir tão mal, dê um passeio pela casa e descubra realmente os danos causados pelas alegrias da noite anterior.

Reidratação: Por causa da desidratação a boca fica seca e o paladar capta o sabor ácido das substâncias que o estômago despeja para processar o álcool, deixando um gosto ruim na boca. Se seu estômago está incomodado, não beba café ou nada que contenha cafeína. Se você estiver com náuseas, beba sucos.

Comidas Leves: Alimentos de fácil digestão para não estressar ainda mais o organismo, já detonado pelo esforço de processar o álcool. Os campeões: frutas, para reidratar e repor as vitaminas, e pão, batata e massas, para obter glicose rapidamente e fornecer energia ao corpo.

Não faça exercícios: para fazer exercício, o corpo precisa de glicose - a mesma que está sendo usada na recuperação pós-bebedeira.

Não continue bebendo: Esse é o truque do alcoólatra. Ele 'rebate' a ressaca com outro porre. Se essa é a sua saída sempre, procure os Alcoólicos Anônimos.

Se a dor persistir: Agora você pode tomar um comprimido efervescente de sua escolha. Ainda não inventaram remédio que previne contra a ressaca. Tomar um Engov antes (como diz na propaganda) não resolve, só funciona tomar depois, se precisar. O Engov, assim como outros, tem hidróxido de alumínio, que alivia os males digestivos; tem AAS, que é um analgésico; e tem cafeína, que contrai os vasos sanguíneos dilatados pelo álcool e, assim, diminui o mal-estar.

Disfarce a cara de zumbi: Use maquiagem ou finja que está assoando o nariz de 30 em 30 segundos para pensarem que você está gripado.

A BBC lhe deseja uma boa diversão!

3 comentários:

  1. Muito pertinente! Informações de suma importância para qualquer bagaceiro (tanto profissional quanto iniciante). e Lembre-se: Se Dirigir Não beba, mas se for beber, me chame!

    ResponderExcluir
  2. E se for beber beba Nova Schin.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir